Prática Sánchú Zuzhou - para remoção de maldições e negatividades sobrenaturais


Shānchú Zǔzhòu 

Prática sagrada que remove maldições, magias negras, espíritos malignos, feitiços, fantasmas e trevas. 
Deve ser sempre feita nos três últimos dias da lua minguante.
Esta prática foi canalizada pela bem amada Yasoha, no último dia da lua crescente de maio do ano de 2019 da era cristã, no Brasil (16/05/2019).

Pode ser feita todas as vezes que necessitamos de purificação, sempre após a pratica de Lòtus negra e antes da prática de remoção de obstáculos, num mesmo dia ou divididas em 3 dias para cada completando 9 dias de prática contínua. 

Suas oferendas são ervas naturais como alecrim, manjericão e sálvia, sobre brasas. Pimentas também podem ser queimadas, mas junto com pétalas de rosas secas (vermelhas, brancas e amarelas). 

Kwan Yin Moshú 




Kwan Yin que carrega o incensário ou Moshú - ela é a manifestação do divino conhecida como 7 maldições, Senhora dos Mistérios. Ela domina a arte dos incensos, das brasas, das oferendas, do tao, do equilíbrio. Atua no mundo sobrenatural. Não é uma guardiã, mas uma divindade. Uma face da divindade. Ela consagra, ativa e remove magias. Encaminha e envolve com sua luz todos espíritos perdidos, maléficos e enlouquecidos pelos venenos que corrompem a alma humana e não humana. Seu culto é secreto e ela dirá apenas para quem é diligente em suas práticas uma palavra chave, que não deve ser dita a ninguém, que da acesso ao sua proteção. 
   Esta face do divino nunca deve ser invocada para fazer mal a ninguém, assim esteja com emoções neutras quando fizer sua prática, porque ela não será tolerante com corações impuros. Se você invocá-la querendo prejudicar ou tendo sentimentos impuros com alguém então ela lhe ensinará a nunca fazer isso. Não tema realizar esta pratica, apenas saiba que deve fazê-la, mesmo se tiver recebido de alguém energias nefastas, em dias em que não esteja com sentimentos impuros em relação a esta pessoa. 

Suas oferendas são frutas lavadas que após 3 dias podem ser ingeridas e trocadas, ervas queimadas no porta incenso e pedras de incenso, água com gotas de anil (que pode ser descartada após 3 dias).

Seu mantra: "Kwan Yin purifica, purifica, purifica!"


Prática 

         (sentado sobre a Lótus de luz e com ela ativada)

                       Invocação Inicial

      Da Sabedoria do reino infinito, onde as duas fontes se encontram e a ponte de cristal se estabelece. Dos jardins secretos dos Budas, onde a lua se oculta e a Lótus resplandece, venha vós que é as Senhora dos Mistérios, pura essência de Buda, vacuidade e manifestação, Yin e Yang, tao da perfeição. Venha mostrar-se o caminho para fora dos sofrimentos, amada Kwan Yin, Senhora da Compaixão. 

                    (108x OM MANI PADME HUNG)

                        Invocação de Guardiões

        Neste momento de transmutação e transformação, para que todas energias nocivas sejam positivadas, para que seja protegido antes, durante e depois da prática, para que nada e ninguém ligado a mim possa ser veículo de manifestações e seres sombrios ou mal intencionados, apelo e chamo vossas presenças: meu anjo guardião, guardiões da Lótus Sagrada, Guardiões das 10 direções, dragões celestiais e da Terra, anjos e guerreiros. Armai a malha que tudo blinda e que tudo possibilita. Bloqueai qualquer retorno negativo, dilui todas as formas de trevas e suas origens e todas as dimensões. 

                        (108x OM AH HUNG)

                            Purificação

       
(Imponha as mãos com distancia segura sobre o braseiro, se for usar)

          Iluminada Kwan Yin, e guardiões do sul, purifiquem este fogo para que ele esteja conectado as espíritos benfazejos e guardiões, assim como as divindades celestiais, para que todo mal se desfaça e tudo se transforme em luz.

         (Segure as ervas nas mãos ou as varetas de incenso)

         Kwan Yin, Moshú, Senhora dos Mistérios, aquela que segura o incensário celestial, abençoe estas ervas as purifique com o néctar da Lótus Sagrada. Santifique-as, imante-as para que nelas se ativem suas faculdades iluminadas e medicinais. Que sejam como estrelas, pontos de luz incandescente a iluminar o mundo. 

      (Acenda e ofereça, assim como ofereça as frutas e/ou água)

         Da forma que estas substâncias se volatizam e se transformam em aromas astrais, assim são transformados todos os males, dissolvidas maldições sejam de família, minhas, desta ou de outras vidas, trazidos todas as bençãos para este mundo, encaminhados os seres perdidos e maléficos, iluminando os preparados para tal, revertendo todas as questões e seres negativos, resgatando os necessitados. Que na dimensão oculta da Lótus tudo seja devidamente curado e trabalhado, descristalizado,fluidificado e transformado em luz. Magias Negativas, preces e seres irados, crenças erradas, fanatismos, insanidades e obsessões sejam de mim, dos meus e da minha família removidos. Abençoa Kwan Yin, abençoa, nos auxilia neste momento que nos sentimos perdidos. Pedimos a todos que de alguma forma prejudicamos nesta e em outras existências, seus sagrado perdão. 

             (108x Kwan Yin Purifica, purifica, purifica.)

          (Durante o período desta prática incense sua casa, uma vez ao dia, ou nos dias de prática, enquanto mantra OM MANI PADME HUNG. Antes invoque a equipe purificadora da Kwan Yin Moshú.

          (Visualize uma enorme Lótus que você está ao centro, com Kwan Yin acima de você com mãos impostas e todos guardiões atuam em sua volta removendo os males tanto do seu campo quanto dos caminhos da sua vida em todas as direções. Sinta seus problemas se dissolverem na sua origem e os seres serem todos levados pelos guardiões).

            Deixe sua mente serena, respire e relaxe. Fique em meditação ou recitando o mantra OM MANI PADME HUNG (para mentes agitadas que tem dificuldade de ficar em silêncio, até sentir que seu campo ficou leve).

                            Agradecimento

               Gratidão a todos meus ancestrais, guias e protetores, aos encaminhadores e seres que atuam na Lótus Sagrada. Agradeço a vós que é mãe, divina, esposa e filha, és o feminino iluminado, és a divindade em ação. Grata Kwan Yin Mushú. Que eu sempre tenha proteção e forças para seguir o caminho da luz, o caminho do Darma da Lótus Sagrada. 

               (Todas as visualizações se esvanecem. A Lótus sob você se fecha e seu campo volta a estar plenamente em vigília. Sua casa está abençoada e iluminada).

              "Que seu caminho seja leve, que seu aprendizado seja profundo, que sua sabedoria ascensione, que sua alma se ilumine, e seu coração seja pura compaixão!"
                                              Sri. Yasoha



OBSERVAÇÕES PARA PRATICAS EM GRUPO

            Nas práticas em grupo, preferencialmente o incensário ficará no meio da sala e todos a sua volta em círculos. Para grupos acima de 25 pessoas coloca-se incensários também nas 4 direções (N, S, L, O). O Sensei deve fazer orações invocando os guardiões principais das 4 direções antes do início das praticas. Cada pessoa deve jogar um pouco de ervas ao fogo ou acender ao menos uma vareta de incensos. Manter as janelas abertas devido a fumaça.
             Os braseiros não precisam ser grandes, podendo ser de 11 cms. 
             
OBSERVAÇÕES PARA INICIADOS

              Inciados nas práticas de 1 a 4 do Lótus Sagrado de verão aplicar Lótus nas ervas e incenso, assim como ativar o Lótus em seu corpo inteiro, nas mãos e no coração. Devem perceber os guardiões e seus trabalhos com os vajras (para níveis 4). No atendimento ao público após a analise colocando a pessoa mentalmente na Lótus das mãos, se percebido, a presença de maldições, magias ou negatividades, então dê para pessoa um punhado de ervas ou uma verta de incenso e peça que coloque ou jogue no incensário (braseiro) que deverá ficar em um dos cantos da sala, perto de uma janela ou do lado de fora do espaço num lugar permanente em frente a imagem de Kwan Yin (muitos centros no oriente tem estes braseiros feitos de cimento com areia, onde os seguidores podem fazer seus pedidos e acender incensos), as varetas são recolhidas e queimadas também ou jogadas fora. 

SEQUÊNCIA DE ATENDIMENTOS DE LÓTUS

  1. Passar pelo praticante que fará uma triagem, colocando mentalmente a pessoa atendida dentro do lótus em uma das mãos e perceberá as energias. 
  2. Depois será feita uma aplicação dos vajras (apenas iniciados nível 4). Removendo fios, energias negativas, e encaminhando seres. 
  3. Aplica-se a Lótus primeiro sobre a cabeça da pessoa e depois (na maca se completo ou sobre os chakras se sentado).
  4. Abençoa-se com o selo 3 da Lótus 1 e coloca-se um manto de Maria ou Kwan Yin sobre quem foi atendido.
  5. Se necessário for, ativa-se um (uns) incenso (s) nas palmas das mãos, entrega-se para pessoa esse incenso que acenderá e colocará no incensário do local, com seus pedidos.
A sequência pode ser feita pela mesma pessoa ou por várias pessoas divididas em setores, salas ou uma ao lado da outra. 

Ao final pode-se ainda: entregar água de Kwan Yin que foi energizada na hora, ou essências de Lótus criadas nas iniciações pelos senseis. Abençoar cristais para proteção de pessoas e casas.

Este tratamento pode ser aplicado a pessoas, animais e plantas. 

Os incensos, cristais e águas devem ser trazidos pelos que recebem a benção (evite comércio).

Cristais:

Ametista - proteção, transmutação, calma e evolução.
Quartzo rosa - proteção de crianças, animais, para amor e calma.
Quartzo transparente - ativador de luz, conexão com a Lótus e anjo de guarda, ancorador da luz da Lótus.
Quartzo verde - curas, prosperidade e estudos.
Citrino e olho de tigre - proteção psíquica, memória, sabedoria e expansão de consciência. 
Turmalina Negra - Purificação
Ônix negro e uma jaspe vermelha - ativam pratica Mushú, para purificação de negatividades de orígem sobrenatural.
Sodalita e quartzo azul - para praticantes de Lótus Prateada.




Nenhum comentário:

Postar um comentário