sexta-feira, 3 de agosto de 2012

NAMO KUAN SHIH YIN PU’SA - Mantra de Tomada de Refúgio

NAMO KUAN SHIH YIN PU’SA

Tomar refúgio significa se socorrer, confiar, buscar. Quando se tem um problema é nela, na Mãe Divina, em Kwan Yin que se pensa de imediato, é nos seus braços amorosos que depositamos nossa vida. Não exluimos Deus ou Buddha, ela é uma manifestação dos mesmos. Além de ser a grande intercessora. A tomada de refúgio deve ser feita com amor. Nos entregamos por amor, como confiamos em nossos pais ou avós na infância.
Muitos já vivem em suas sagradas e amadas mãos e tem histórias reais para narrar.
Tomar refúgio também é saber que mesmo na situação mais tola como numa discução de amigos ou numa situação impossivel como se libertar de uma catastrofe natural ela vai nos ajudar.
A Bodisatva onipresente está em tudo e principalmente no nosso coração. Coloque sua mão sobre ele enquanto faz o mantra, observando sua energia surgir dentro de seu peito. É sublime a sensação de senti-la dentro de nós.

NAMO KUAN SHIH YIN PU’SA

Este é o mantra de invocação do Lótus Sagrado, se você quiser entrar nessa sintonia comece a entoá-lo no seu dia a dia. Viva o agora, confie em Kuan Yin e se não conseguir confiar, peça a ela que o faça confiar, peça fé e confiança todos os dias, pois ela tem um jeito muito objetivo de nos provar que está por perto. Quando você tiver fé o suficiente, somente pronunciar seu nome será bastante para que qualquer mal desapareça e a perfeição se manifeste em sua vida.
Esse mantra chama ou invoca a presença de Kuan Yin dentro do devoto.
Também é cura para o coração. Eu me refugio na Luz de Kuan Yin
Saudações à Kuan Yin, a mais Compassiva e Misericordiosa Bodhisattva.
Repetir esse mantra em múltiplos de 108.
Significado: Eu me refugio na Luz de Kwan Yin. Eu Chamo pela Bodhisattva Kuan Yin, Aquela que vê e ouve o sofrimento do Mundo.
Namo (Sânscrito) - uma homenagem ao Sagrado nome de Kuan Yin, Salve !
Kuan (Chinês) - aquela que cuida e observa
Shih (Chinês) - o mundo
Yin (Chinês) - Som / Voz
Pu’as (Sânscrito) - Bodhisattva
Quando entoamos um mantra estamos entrando em contato com a energia da divindade em ondas. Experiemente fazer um pedido para o mantra.

Esta invocação deve ser feita de 21 a 108 x (uma volta de mala) - ou muitas voltas inteiras.

Um seguidor praticante, sempre entoa os mantras apenas para sintonizar e estar com ela, ao amanhecer e ao entardecer. Um praticante que caminha para a luz, o entoa todo o tempo. Funde-se com Kwan YIn, se transforma na luz e puro amor, no buddha do renascimento!

Um comentário:

  1. Alguém conhece algum link onde tenha esse mantra escrito em Chinês?

    ResponderExcluir